“MEU PROCESSO CRIATIVO SE BASEIA NAS EXPERIÊNCIAS” REVELA FERNANDA PISTELLI, DESTAQUE UNDERGROUND BRASILEIRO NA PANDEMIA

SUPORTE WOR

Fernanda Pistelli mostrou-se uma verdadeira artista com o conteúdo criado durante a pandemia, colocando-se como uma das promessas do mercado underground de música eletrônica. Os números não mentem, o canal de YouTube da artista soma hoje mais de 6 milhões de plays e mais de 70 mil inscritos. Com a pandemia e longe das pistas, Fernanda pôde focar seu tempo em produzir conteúdos em vídeo para os fãs, com o destaque para seu último set, “Equinox Sessions for Techgnosis”, gravado em sua casa. Recentemente, a produtora lançou seu primeiro single, “Reality Senses”, em colaboração com Boundless e Luis M, de forma independente, mostrando ainda mais potencial do projeto.

O impressionante desenvolvimento de seu canal no YouTube acompanha o crescimento do projeto de Fernanda Pistelli na cena underground mundial. Criado há pouco mais de 1 ano, o mesmo ganhou muita repercussão após a divulgação do set especial da artista no Universo Paralello.

Usei o tempo livre, sem agenda de shows, para produzir conteúdos na internet, que foram super bem! Todo o crescimento aconteceu organicamente e fui desenvolvendo os materiais de acordo com as transições das estações, que me deram uma periodicidade bacana para entregar novos vídeos. Hoje o canal tem quase 6 milhões de visualizações e uma média de quase meio milhão por mês. O mais legal é ver o canal rodando tantos países, como Alemanha, Estados Unidos, França, México, Rússia, Índia, entre vários outros. Espero poder conhecer cada um quando essa pandemia passar.

desabafa a DJ e produtora

Seu mais recente vídeo, Equinox Sessions for Techgnosis, é motivo de orgulho da própria artista, que gravou e editou tudo sozinha.

Dessa vez quis gravar em casa, onde passei a maior parte do meu último ano, que foi quando comecei a produzir esses conteúdos em vídeo. Pude acompanhar a passagem de todas as estações e observar a vida em torno desse ambiente, por isso se tornou um local especial para a gravação na entrada do equinócio.

explica Pistelli

No quesito produção musical, Fernanda deu um passo grande com o lançamento de “Reality Senses”, em março deste ano. Onde ela, Boundless e Luis M, quiseram fazer mais do que uma música, algo mais profundo. Com uma linda mensagem, que carrega o título da música, Pistelli quis transmitir que cada ser humano tem uma perspectiva única e muito pessoal de interpretar a realidade, por isso qualquer julgamento nos dá um sentido limitado e distorcido da mesma.

O vocal da track diz que por trás de tudo existe um mundo de ondas matemáticas, que são a fibra e matéria do universo, sendo assim o código da realidade. Somos antenas ambulantes e responsáveis por sintonizar nossa própria rádio, podemos escolher pelo que vamos vibrar e qual realidade co-criar.

explica a artista

“Reality Senses” foi feita a distância entre os 3 projetos, devido à pandemia. Trabalhando através da internet, cada um desenvolveu e deu um sentido de realidade para a produção, chegando em uma fusão muito poderosa.

Costumo gravar as ambiências dos lugares que vou e meu processo criativo se baseia nas minhas últimas experiências, gosto de transmitir as sensações que tive através de sons que me marcaram.

conta Fernanda

Fernanda recebeu diversos convites para tocar sets exclusivos em diferentes labels, começando pelo 5uinto com o projeto “Garden Sessions”, seguido por outros, como Unite (que reuniu vários nomes como Boom Festival, DM7, Iboga e Trancentral), radiOzora, SixthSense Australia e Techgnosis Records, para citar alguns.

É muito gratificante ter esse apoio de tantos lugares, labels que sempre sonhei fazer parte e isso sem dúvidas me dá muita força pra continuar inovando.

celebra Pistelli

Vibrando de acordo com o universo e com os 124 a 128 BPMs que costuma tocar, a paulista Fernanda Pistelli tem colocado o seu projeto entre os principais nomes da cena internacional. Antes da pandemia, a artista pôde se apresentar nos principais festivais e clubes, caindo no gosto da galera. Durante o tempo que morou na Austrália, conquistou importantes residências em clubes do país e trouxe essa bagagem para a sua terra natal, compartilhando a sua paixão pela música com as pistas do D-Edge, Club 88, Adhana Festival e no palco UP Club do Universo Paralello. Sendo essa fase, um verdadeiro divisor de águas em sua carreira.

Curtiu? Então confira “Reality Senses”, disponível em todas as plataformas digitais e seu último “Equinox Sessions for Techgnosis” em seu canal no YouTube. E não deixe de seguir a artista no Instagram, clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

SEM PERDER A ESSÊNCIA, FLEXB EMBARCA NO BASS HOUSE E LANÇA A ELETRIZANTE 'FLOORBURN' PELA UP CLUB RECORDS

Depois de completar 10 anos de carreira em 2020, FlexB segue com tudo e começa 2021 com o mesmo ritmo frenético de produções que o colocam como um dos principais nomes da cena eletrônica nacional. Navegando em diversos estilos sem perder sua essência e identidade sonora, o produtor lançou nesta […]