3 NOMES DO TECH HOUSE GOIANO PARA FICAR ATENTO EM 2021

SUPORTE WOR

Matéria por Salomão Augusto

Nem só de desande vive Goiânia. Terra do sertanejo e também do recorte mais novo da música eletrônica brasileira, o
desande, essa cidade já exportou para o mundo nomes como: Alok, Illusionize, Bhaskar, André Pulse e alguns outros nomões do Psytrance, Techno e de outras sonoridades. Como mostra nessa matéria ‘Celeiro Fértil’ que saiu na edição impressa de número 48 da revista House Mag , essa terra é frutífera não é de hoje.

Tudo o que planta por lá, prospera e rende muitos frutos. E como a terra é bem produtiva, sempre que tem uma aposta novas apostas entre os novos produtores, é algo para ser olhado com os melhores olhos possíveis, dignos dos de um dono de alqueires de plantação de soja. Surgindo a pouco tempo, temos uma nova safra de produtores do Tech House, onde alguns já podem ser destacados como promessas visto que tem tido uma expressividade legal em seus trabalhos pelos canais digitais. São eles:

BEMORE

Essa definitivamente é o mais interessante: uma dupla não-sertaneja formada por João Victor e Pedro Belinni, que são amigos de longa data.

O duo missionário da palavra e dos beats do ‘Tech Halls’ envolvente já conta com 5 tracks no ar, sendo as DUAS ÚLTIMAS lançadas na gravadora referência na vertente aqui no Brasil, Delicious Rebels, do produtor Jean Bacarreza.

Com menos de 1 ano de projeto, já se apresentaram no período AC em eventos para mais de 10mil pessoas em algumas oportunidades únicas que fizeram com que o nome deles corresse rapidamente pelas vielas do cenário, fazendo com que dividissem palco recentemente com os também goianos Victor Lou, Visage e os mineirinhos do sarrinho, Almanac.

Com bastante trabalho pra mostrar esse ano, o estudio deles não tem nenhum dia de paz com o ritmo desses caras. Aguardem e confiem.

Ouça o último lançamento da dupla , a track ‘Latino Vibes’ pela Delicious Rebels lançado na semana passada:

Acompanhe BeMore nas redes sociais:

HEYDOC!

Com apenas 22 anos, o jovem produtor goiano já entrou no gosto da gigante Dirtybird, do tio Claude VonStroke. Tem hoje +10 mil de ouvintes mensais no Spotify e tem aproveitado bastante o tempo da pandemia para lançar novas tracks em collab com outros artistas. Vale a pena acompanhá-lo:

Acompanhe Hey Doc! nas redes sociais:

LUCCI MINATI

O mais recente projeto de Luciano Gomes tem ganhado destaque em alguns contests e ações dentro do cenário. Na pegada do Holywhaaaat, com uma estratégia bem interessante, tem mostrado a que veio e revelado bastante material oculto mas de muita qualidade através de lives e sets 100% autorais. O produtor também já emplacou remixes bem
marcantes de tracks como o clássico ‘Show Me Love’ e ‘I’m About’ dos Chemical Surf e acabou de lançar um EP com 2 faixas que já bateram alguns TOPs dentro da maior plataforma de venda de música eletrônica do mundo, o Beatport.

Acompanhe Lucci Minati nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

CONVERSINHA: YOLA

Matéria por Lau Ferreira Depois da estreia com um papo breve, informal e descontraído com os meninos do Primitive Soul, a coluna Conversinha traz para a sua segunda edição o DJ e produtor paulistano Diogo Siqueira, mais conhecido pelo nome de guerra YOLA. Inspirado em artistas como Four Tet, Caribou, […]